& depois ?

Tudo começa. Tudo continua. Tudo tem meio. Principio. & fim (?) ;;
Sempre. Remete para uma eternidade infinita. Para um tempo não possivel. Remete para que algo possa permanecer intacto. Sempre acreditei nesse "para sempre", sempre pensei que era real. Até cair, bater no chão e ver que não é possivel. Ver que o sempre era só uma ilusão criada por nós :s Durante vários meses andei a pensar no porquê? Porquê que tudo começa se tem de acabar, causando sofrimento? Porquê que somos levados a acreditar nesse sempre, se na realidade ele é meramente ilusório? Hoje? Hoje percebi porquê. Percebi o porquê de nos deixarmos enredar por esta palavra, este sentimento, esta fase (...) Agora? Agora voltei a acreditar. Voltei a acreditar que o "Sempre" existe, que é real. Apenas não sei quando ele chega. Não sei quando começa, não sei se será esse o "tal" que permanecerá. Não sei se essa amizade/amor ou whatever é a minha eternidade $: mas sei que tenho de pensar sempre que sim. Que é. Porque um dia essa realidade é alcançada, esse sempre chega, sem darmos por nada. Até lá, voltei a acreditar, e acredito, que esse momento chegara, que essa palavra existe, que esse sentimento perdura :$ Só não sei quando, por isso tenho de viver como se fosse AGORA, como se não houvesse amanhã, sem pensar no futuro, porque esse pode não chegar, & o meu sempre pode ser aquele, e tenho de aproveitar, sem pensar no momento em que tudo pode acabar $: às vezes, sim, é bom pensarmos no futuro, mas qual é a utilidade desse pensamento se apenas nos faz abrandar na vida? Nos faz parar no tempo? Nos faz simplesmente, e por vezes, acabar com tudo com o medo? O medo de estarmos a ser enganados por nós mesmos.
Hoje? Como vivo? Sim, acredito que o sempre existe. Acredito que terei o meu "Para sempre" $: Acredito que vou ser feliz. Até lá? Um dia de cada vez. Como se não houvesse seguinte, porque às vezes simplesmente não vivemos a vida porque estamos constantemente obcecados com o que "poderá" acontecer, & não com o que ESTÁ, efectivamente, a acontecer, e às vezes deitamos tudo a perder por isso x:
Vive. Corre. Sorri. Arrisca. Salta. Levanta-te. Volta a saltar. Luta. Chora. Ama. Odeia. Voa. Sonha. Fecha os olhos. . Olha. Senti. Respira. Abre os olhos. Olha em volta. É real. Volta a sorrir. És feliz $$:
with love @
music: Same Mistake _ James Blunt
ps: um obrigado desde já aos leitores fiéis que me têm acompanhado $: Um especial agradecimento à Marina & à Susana (:

the girl who waited ♥

2 comentários:

Rafiinhas. ^^ disse...

ora, na qualidade de leitora fiel, de nada. xb
sabes porquê? porque não nos faz bem um feliz para sempre. faz-nos bem um esburacado, um que nos obrigue a reconstruir o buraco, um que nos obrigue a começar de novo. Não, não há feliz para sempre. e, na minha opinião, ainda bem que não os há.
porque eu gosto das minhas alturas más, chama-me masqouista, wtv, eu gosto de sentir que afinal não tenho nenhuma razão correctamente gigante para estar assim. mas estou. who cares?
só preciso de saber do agora. acredito que as pessoas que desaparecem não farão assim tanta diferença no futuro. sou fria? sim, nestes casos sou. mas as pessoas que sabemos que vamos precisar para sempre ficam. não é que acredite em Deus (?) mas acredito no Karma. acredito que ele pode andar ao contrário, que às vezes realmente não é o que nós achamos que deva ser. mas acredito também que depois crescemos por causa disso. acredito que, no fim, vamos rir-nos e agradecer ao nosso para sempre esburacado. eu gosto das coisas assimétricas.

David Ac!d disse...

tens mais um fã... tipo eu x'DD
escreves mesmo muito bem ^^